terça-feira, 8 de maio de 2012

Susto na madrugada

Ontem, eu e Teco ficamos juntos o dia todo e brincamos de montar quebra-cabeças, de desenhar, de carrinho. Aproveitamos o dia frio para brincar em casa e eu fiquei como "casas Bahia", dedicação total.

Banho tomado, macarrãozinho jantado, estávamos nós nos preparando para dormir quando ele começou a aprontar na cama. Levanta, senta, rola, mergulha, vira para um lado, levanta novamente. Foi quando eu vi uma cambalhota e um tombo.

Ele chorou bastante, mas depois se acalmou e dormiu. Quando eu me preparava para me abandonar nos braços de Morpheu, escuto um choro diferente do quartinho. Reclamando do pezinho, pediu colo e aí não parou mais de chorar.

Preocupados, corremos para o Pronto-Socorro e fomos atendidos por uma médica mal-humorada que deixou claro que atrapalhamos o sono dela. Fizemos radiografia e felizmente tudo estava bem.

Fomos mandados para casa com recomendação de dipirona e gelol. Aff.

Passava das duas horas quando consegui me deitar  para despertar às cinco e meia da manhã por conta do trabalho.

Tive uma apresentação importante hoje e precisava estar disposta. Solução? Uma xícara dupla de café. Resultado? Pensem numa pessoa supercafeinada. E todo mundo achando que a pessoa que vos escreve esbanja simpatia. Pode crer.

E Dante? Lépido e fagueiro, como sempre.

Beijolas cafeinadas procês.


2 comentários:

  1. Saudade de vocês! Graças a Deus que está tudo bem! Beijos, Tia Idi

    ResponderExcluir